34 mil novos anunciantes investiram em mídia em 2018

62

Em 2018, de acordo com levantamento da Kantar IBOPE Media, que monitora a publicidade nos principais mercados do País, a compra de espaços em mídia nos meios e veículos aferidos pela empresa apresentou variação positiva de 10% em relação a 2017.

A economia brasileira apresentou, em 2018, os melhores resultados desde 2014. A última prévia do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indica um crescimento de 1,2% no PIB, com sinais discretos, porém, reais, de recuperação, o que estimula o consumo e os investimentos por parte dos anunciantes.

Segundo Rita Romero, diretora de Business Insights and Development da empresa, o destaque do período foi a presença de novas marcas e anunciantes investindo em exposição na mídia. “Das mais de 138 mil marcas que investiram em 2018, 54 mil ou 39% são estreantes e não destinaram montantes para a compra de espaço publicitário nos meios e veículos presentes na nossa cobertura em 2017. Além disso, registramos que mais de 34 mil novos anunciantes investiram em mídia em 2018, representando 36% do total de anunciantes do ano”, explica a executiva.

Acima da média geral, comércio foi o setor que mais movimentou a compra de mídia em 2018, com variação de 15% em relação a 2017. O setor correspondeu a 18% do valor publicitário bruto (GAV) aferido pela Kantar IBOPE Media.

Eventos movimentam o mercado

O maior volume de inserções durante o ano foi em novembro, mês que acontece a Black Friday no Brasil. Só em São Paulo, cerca de 1.040 novas campanhas foram criadas para a TV aberta.

A Copa do Mundo foi outro período que movimentou bastante o volume de inserções. A competição, que durou apenas 32 dias, entre junho e julho do ano passado, impactou a compra de mídia durante todo o semestre. Durante a transmissão do evento foi registrado crescimento, se comparado à média do ano, para os meios TV aberta (+15%) e TV paga (+11%).

Top 50 agências

No ranking brasileiro das 50 maiores em investimento, a Y&R continua com a primeira colocação, seguida, respectivamente, por My Agência, Africa, Ogilvy e Talent Marcel. As cinco primeiras colocadas, se somados os resultados, corresponderam a quase ¼ (um quarto) do investimento bruto (GAV) das 50 maiores agências do País.

A Kantar IBOPE Media ressalta que os valores reportados são baseados no espaço ocupado pelos anunciantes e na tabela de preço dos veículos, sem qualquer redução resultante de descontos negociados entre as partes. Portanto, não representam os investimentos reais de agências e anunciantes com a compra de espaços de mídia, da mesma forma que não equivalem ao faturamento real obtido pelos veículos com a comercialização de seus inventários.

PUBLICIDADE