Barcelona se afasta de Ronaldinho por apoio a Bolsonaro

42

O Barcelona decidiu se afastar de um dos maiores ídolos da história do clube, Ronaldinho Gaúcho, que é também embaixador do clube. O motivo foi o apoio que o ex-jogador declarou ao candidato à presidência do Brasil, Jair Bolsonaro, do PSL, que disputa o segundo turno com Fernando Haddad, do PT.

Segundo o Barcelona, existe respeito ao posicionamento político do ex-atleta, mas disse também que “os valores de Bolsonaro não correspondem aos valores do clube”. Sendo assim, é bem provável que Ronaldinho não seja mais embaixador dos catalães, que afirmam que vão monitorar os desdobramentos políticos no Brasil para tomar a decisão.

Outro brasileiro que corre o risco de perder seu posto como embaixador  do clube catalão, de acordo com o diário “Sport”, da Catalunha, é Rivaldo, outro grande ídolo do Barcelona que declarou apoio ao candidato do PSL. O posicionamento de extrema direita de Bolsonaro não tem sido muito bem visto na Europa.

O apoio de Ronaldinho Gaúcho a Jair Bolsonaro que gerou repúdio dos dirigentes do Barcelona aconteceu ainda no primeiro turno, quanto o ex-atleta postou uma foto sua com uma camisa do Brasil e às costas o número 17, o mesmo do PSL, pedindo para os brasileiros votarem no candidato.

PUBLICIDADE