Barilla e ESPM realizam Summit Respect e promovem debate sobre futuro da diversidade e inclusão

Líderes de empresas e representantes da sociedade civil se encontram nos dois dias do evento para debater ações em prol das mulheres, negros e população LGBTQ+; No Instagram, o perfil @summit.respect traz conteúdos sobre cultura da diversidade, legislação e biografias de personalidades que lutaram por igualdade

23

Incentivar o debate sobre diversidade, respeito e inclusão em diversos meios, incluindo o corporativo, é uma das missões da Barilla, líder mundial em massas. Com esse objetivo, a empresa, em parceria com a ESPM, desenvolve o Summit Respect, evento gratuito e aberto ao público. O intuito é discutir como as empresas estão promovendo o respeito às diversidades internamente, no consumo e nas ações de marketing. Será realizado nos dias 11 e 12 de junho, na ESPM-TECH São Paulo.

Serão dois dias repletos de programação com painéis (confira temas abaixo) que abordarão assuntos relacionados à diversidade. Além do conteúdo, o Summit Respect promoverá oficinas para capacitação técnica profissional da população Trans e travestis, e uma pequena cota voltada a alunos da ESPM.

Antes do evento, o Summit Respect chega ao Instagram. No perfil @summit.respect, os seguidores passam a ter acesso a conteúdo relacionado à diversidade: personalidades que lutaram (ou lutam) pelos direitos dos negros, mulheres e população LGBTQ+; dicas de filmes, livros e séries; orientações sobre legislação e telefones úteis em caso de qualquer violência ou discriminação; entre outros serviços.

Segundo Fabiana Araújo, gerente de marketing da Barilla e integrante do Grupo Respeito – que reúne colaboradores da empresa para promover a diversidade no ambiente corporativo – o Summit Respect contribui para reforçar o posicionamento global da companhia em prol da diversidade e inclusão. Nos últimos anos, a marca vem apoiando importantes projetos como a Casa Florescer, espaço que acolhe mulheres trans em São Paulo; Mães pela Diversidade, ONG que luta contra a discriminação com base em orientação sexual, identidade de gênero e condição sexual; e Chefs Especiais, instituto que atua pela socialização de pessoas com Síndrome de Down por meio da gastronomia; além de ações internas, desenvolvidas com o Carlotas, que visam proporcionar por meio de palestras e experiências pessoais, o diálogo sobre empatia, respeito e diversidade.

Temas

“Como desenvolver uma cultura inclusiva”

Karina de Andrade Chaves, gerente de responsabilidade social do Carrefour

Suelen Marcolino, líder do grupo de equidade racial e especialista em novos negócios no LinkedIn Brasil

Simon Gamboa, head of user acquisition da Tapps Games

“Quem são os influencers da diversidade?”

Leandro Bravo, Partner e CMO da Celebryts

“Conversa com advogados”

Melissa Cassimiro, advogada da Accenture

Kalebe Machado, advogado do Carrefour

Marcel Francarolli Nunes, advogado da Trench Rossi Watanabe

“Engajamento, ativismo e marca”

Rodrigo Santini, gerente de missão social da Ben & Jerry’s

“Benchmark com empresas líderes em diversidade”

Marco Giovanne Tobias da Silva, vice chairman do Bank of America

Ricardo Yuki, superintendente da área de risco da Citi

“Os desafios das pessoas negras nas organizações”

Pedro Jaime, professor da ESPM, antropólogo e autor do livro Executivos Negros (vencedor do Prêmio Jabuti 2017)

Renata Hilário, líder do grupo Publicitários Negros

Felipe Guerra, representante do grupo Publicitários Negros

“Quando a cultura LGBT toma as ruas e a cidade”

Prof. Dr. Fábio Mariano Borges, especialista em comportamento do consumidor e professor da ESPM

Pedro Gariani, co partner da Unicorns Brasil

“Promoção dos Direitos Humanos nas organizações: quais os resultados?”

Daniela Cortezze, gerente de RH da Barilla

Profa. Dra. Gisele Castro, comitê de direitos humanos da ESPM

PUBLICIDADE
COMPARTILHAR