A agência de marketing digital Calina tem o objetivo de dobrar o volume de negócios este ano. A expectativa é que e-commerces, startups e mercado imobiliário (construtoras, incorporadoras e imobiliárias) sejam os principais alicerces dessa expansão. Segundo o sócio-funda dor da empresa, Daniel Palis, o cenário macroeconômico e a demanda por crescimento rápido apresentada por esses segmentos vão de encontro ao foco em performance proposto pela agência.

“Existe um certo otimismo acerca do momento econômico, além é claro da necessidade de posicionamento no ambiente digital, então as empresas estão destravando investimentos. Dentro deste contexto, nosso diferencial é o foco em alta performance, análise de dados e estratégia digital alinhada à estratégia de negócios do cliente. Nosso trabalho no mundo online reverbera no negócio real, o cliente percebe isso. É assim que a gente cresce”, afirma o executivo.

Daniel Palis

Palis acrescenta ainda que a Calina atende empresas de diversos segmentos e portes, mas destaca os e-commerces, as startups e o mercado imobiliário (construtoras, incorporadoras e imobiliárias) como principais públicos-alvo da empresa este ano. “Os e-commerces precisam vender, então sua necessidade de performance é intuitiva. Já as startups precisam encontrar seu público e deixar-claro seu diferencial de mercado e sua solidez, especialmente as fintechs. Por fim, o mercado imobiliário passa por uma verdadeira revolução. Quase ninguém mais compra ou aluga um imóvel sem passar em algum momento pela internet. O trabalho nesse segmento é amplo, complexo e desafiador”, avalia.

Educação

Além de estruturar e aplicar as soluções de marketing digital, a Calina se dedica a introduzir a cultura do marketing digital no cliente, elucidando as dúvidas e explicando de maneira clara e assertiva como os serviços podem se alinhar e impactar positivamente o negócio. Para Palis, o mercado de marketing assumiu uma relevância muita alta de maneira muito rápida.

“A verdade é que as pessoas ficaram um pouco perdidas, mas sabem que precisam. Como se não bastasse, quase que diariamente surge uma ferramenta nova. É difícil para o cliente escolher uma agência e até cobrar resultado. Então ele chega até a gente querendo ‘curtidas’ ou a produção de um ‘vídeo viral’, isso porque em algum momento ele associou essas palavras a uma estratégia de marketing digital eficiente, o que não é verdade. Por isso, nós explicamos detalhadamente como cada sistema funciona, como aquele planejamento vai ter impacto no negócio. Explicamos cada palavra, cada termo, ensinamos o cliente a avaliar os relatórios”, afirma.

O executivo entende ainda que o perfil da equipe, atualmente composta por 60 profissionais, é o grande diferencial de mercado da Calina. “Estamos localizados em São Carlos e nosso time é formado essencialmente por profissionais de exatas oriundos das universidades públicas da região, debruçados profundamente em análise e desenvolvimento de estratégia de negócio com base nesses dados. Esse perfil nos dá um diferencial de mercado gigantesco, especialmente quando o assunto é performance. O cliente percebe a diferença”, finaliza.

PUBLICIDADE