PUBLICIDADE

A identidade visual de uma marca pode ser fundamental para que ela tenha sucesso. A escolha das cores, o design e atributos da aparência têm o potencial de influenciar e instigar o público. Por isso, muitas empresas apostam em estratégias para transmitir seus valores e princípios da melhor forma possível. Para alcançar este resultado de forma assertiva, algumas delas buscam retratar a ideologia do negócio já durante processo de criação.

Um exemplo é a Nexo, consultoria de inovação que usa tecnologia para transformar negócios. A empresa foi a primeira do mundo a utilizar ferramentas de inteligência artificial para criar a identidade da marca. “Por meio da plataforma IBM Watson, analisamos tendências, concepções de design, fontes tipográficas, nomes e cores para evocar os sentimentos que buscávamos”, explica Conrado Contomácio, Consultor Criativo da Nexo.

Os princípios e valores ideológicos também foram a base para o desenvolvimento da POPSPACES, marketplace online que conecta marcas e pessoas a espaços. “Acreditamos e fomentamos o conceito de economia compartilhada. Por isso, utilizamos uma plataforma online para encontrar o profissional que criaria nossa logo. Assim, entre designers de todo o mundo, foi um da Indonésia que desenvolveu o projeto que orientaria nossa identidade visual”, celebra o CEO da empresa Yuri Saiovici.

Perto de comemorar 4 anos de funcionamento, a DogHero, aplicativo que reúne 16.000 anfitriões e passeadores de cães, entrevistou clientes, colaboradores, anfitriões e passeadores para entender a relação deles com os animais e com a comunidade. “A partir dos resultados, criamos a Cereja. Queremos que os pais de cachorro a enxerguem como os cães que fizeram parte da história deles e desenvolvam uma conexão diferente com a marca”, explica Eduardo Baer, co-fundador e CEO da startup.

PUBLICIDADE
COMPARTILHAR