Estudo apresenta panorama e traça o futuro dos marketplaces no país

Desenvolvido por meio de uma parceria entre ANYMARKET e Olist, estudo revela as tendências junto ao segmento de e-commecre

22

Em uma parceria inédita, o ANYMARKET, plataforma de vendas em marketplaces, criada e desenvolvida pelo Grupo DB1 para atender ao universo e-commerce, e a Olist, plataforma de gestão e performance para venda em marketplaces, lançam hoje um superkit sobre o mercado de markeplaces no Brasil. O material traz um panorama dos diversos aspectos relacionados a operação de marketplaces, além de insights sobre as principais tendências do mercado global.

Por meio de pesquisas organizadas pelas duas empresas com mais de 800 profissionais de e-commerce, é possível ter acesso às principais tendências dos marketpaces, tais como participação de mercado, logística, tecnologia, operação e rentabilidade. A Olist destaca algumas:

·         Faturamento: O grupo de lojistas que fatura até R$10 mil caiu consideravelmente em relação a 2017 (de 60% para 36,8%). Isso representa uma migração para camadas mais elevadas de receita, indicando a rentabilidade do modelo.

·         Profissionalização: Os lojistas que atuam em marketplaces reforçaram ainda mais o profissionalismo em 2018. Isso se manifesta no aumento do uso de ERPs (53,7% do total) e na contratação de funcionários dedicados à operação do modelo (58%).

·         Otimismo: A maioria absoluta dos lojistas (97,1%) pretende continuar vendendo nos marketplaces nos próximos 12 meses. Essa projeção é ainda mais favorável do que 2017, quando 91,9% dos lojistas sinalizavam essa intenção.

Já o ANYMARKET listou as principais tendências, além de um comparativo com o que já é realidade em mercados como EUA, Europa e China, e como mapear os caminhos que o mercado de e-commerce vai seguir no Brasil.

·         Cenário: qual foi a trajetória dos marketplaces até se consolidarem no mercado nacional? O contexto passado e o atual deixam aprendizados valiosos para o que vem pela frente.

·         Comparativos: o que os pioneiros do mercado digital ao redor do mundo estão colocando em prática? Analisamos as diferenças e o que já está dando sinais de se concretizar nos marketplaces brasileiros.

·         Tecnologias e tendências: os meios de pagamento e métodos de pesquisa são exemplos do que pode mudar drasticamente nos próximos anos. O avanço da realidade aumentada, pesquisas por voz ou imagem, Machine Learning, Inteligência Artificial, Inteligência aplicada na Logística, sistemas de combate às fraudes, SEO, Blockchain, Bitcoins e Big Data marcarão o comércio digital no Brasil em breve.

·         Análise: o cenário para daqui cinco anos, na visão de quem atua no mercado.  Todas as tendências citadas no material são temas das perguntas feitas para grandes marketplaces como Netshoes e sellers experientes.

O download do material inédito e exclusivo pode ser feito em http://bit.ly/kit-inteligencia-comercial-marketplaces

PUBLICIDADE