PUBLICIDADE

Com uma base de cerca de nove mil lojistas, a Tray, unidade de e-commerce da Locaweb, prevê, para a BlackFriday 2018, uma alta de 51% no volume de vendas online em comparação com o ano anterior em sua plataforma. Assim como no ano passado, quando apresentou uma alta de 40% em relação a 2016, os segmentos mais procurados devem ser os de eletrônicos, eletrodomésticos e moda, por possuírem maior valor agregado.

Willians Marques, diretor-geral da Tray, aponta a tradicionalidade como fator decisivo do crescimento. “A Black Friday já não é uma ação pontual dos lojistas para aumentar o faturamento, mas, sim, uma operação planejada com antecedência para entregar ao cliente aquilo que ele espera.”

 

Infraestrutura 

Em 2017 o número de pedidos registrado pela Tray foi impressionante: a cada um minuto, 69 pedidos eram contabilizados no sistema; 1,15 pedidos por segundo. Ao todo foram 1,5 milhão de acessos apenas na sexta-feira e 4 milhões durante todo o final de semana destinado à ação. 

Todo esse processo exige uma performance ímpar dos sistemas. Por isso, a capacidade de operação é um dos pontos de maior atenção por parte da Tray. Só no último ano foram investidos mais de R$ 2 milhões com foco na ampliação do Data Center. 

“Os constantes investimentos em tecnologia permitem que a Tray ofereça um ambiente mais seguro e eficaz para todas as necessidades do cliente. Em períodos de alta demanda, como a Black Friday, isso é ainda mais importante, pois a agilidade no fechamento de pedidos e a entrega de uma melhor experiência ao cliente final são fundamentais para que o lojista potencialize suas vendas”, finaliza Marques.

PUBLICIDADE